Fidel em entrevista

Francisco Martins Rodrigues

Numa entrevista de mais de cem horas, gravadas em Janeiro de 2003 e completadas em Dezembro de 2005, Fidel dá um testemunho vivo e apaixonante sobre a sua in­fância e juventude, os primeiros passos na acção política, o assalto ao quartel Moncada, a prisão e o julgamento, o encontro com o Che, a Sierra Maestra, a luta armada e a libertação (Fidel Castro, biografia a dos voces, Ignacio Ramonet. Editorial Debate, Madrid, 2006). Continuar a ler

Álvaro Cunhal: O prisioneiro (1949-1960)

Álvaro Cunhal, vol. III: O prisioneiro (1949-1960), J. Pacheco Pereira. Temas & Debates, Lisboa, 2005,748 pp. Leitura obrigatória para quem queira conhecer a história do PCP, o trabalho de Pacheco Pereira reú­ne neste 3o volume uma docu­mentação exaustiva sobre o perío­do de 1949 a I960, entre a prisão de Cunhal e a sua fuga do forte de Peniche.

Continuar a ler

Anti­fascismo intuitivo

Francisco Martins Rodrigues

Militante e dirigente do Partido Comunista ao longo de dezenas de anos, durante os quais conheceu as prisões da P1DE, a clandestini­dade e o exílio, Alexandre Castanheira dá testemunho da sua vida  neste livro (Outrar-se, ou a longa invenção de mim, Alexandre Castanhcira. Campo das Letras, Porto, 2003).

Continuar a ler

“A trincheira do comunismo nunca pode ser abandonada” (FMR)

-Hoje, 22 de Abril, faz 9 anos que faleceu Francisco Martins Rodrigues. Falar de FMR é falar de uma vida que se orientou desde cedo numa única direcção da qual nunca se afastou: a luta por uma sociedade livre de exploração em que a classe operária pudesse derrubar a burguesia, desenvolver-se e criar o seu próprio sistema de poder. Continuar a ler